Postagem em destaque

6 estratégias para controlar o stress.

1. Identifique as fontes do estresse Tente descobrir os desencadeantes. Você se sente ansioso antes de uma prova? Está com a agenda cheia d...

Pesquisar este blog

Translate

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

CUIDADOS COM AS CORDAS VOCAIS.


O que é a voz?
A voz é o som produzido pela vibração das pregas vocais (também conhecidas como cordas vocais), na laringe, pelo ar vindo dos pulmões.
A falta de conhecimento da importância de certos cuidados básicos para preservar a voz pode ter como conseqüência o desencadeamento de algumas doenças laríngeas como, por exemplo, edemas, nódulos, pólipos, úlceras de contato, entre outras.
O trabalho de reeducação tem como objetivo a adequação das estruturas fonoarticulatórias e a conscientização das pessoas para o uso adequado da voz.
As alterações vocais afetam a vida pessoal, social e, sobretudo, a profissional, gerando ansiedade e angústia. Por isso, com mais razão, os profissionais que utilizam a voz como seu instrumento de trabalho, muitas vezes, necessitam de um treinamento de apoio para desenvolver o seu potencial vocal.
Higiene Vocal 
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Beba água, regularmente, em temperatura ambiente, em pequenos goles. A água hidrata as pregas vocais;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Mantenha uma alimentação saudável e regular. Evite achocolatados e derivados do leite, principalmente quando for utilizar a voz como instrumento de trabalho, pois estes aumentam a secreção do trato vocal;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite café, bebidas gasosas e cigarro. Eles irritam a laringe. Além disso, o cigarro aumenta consideravelmente a chance de câncer de laringe e pulmão;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Coma uma maçã – ela é adstringente, ou seja, limpa o trato vocal e sua mastigação exercita a musculatura responsável pela articulação das palavras.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Na hora de acordar e levantar da cama espreguice e faça alongamentos para relaxar;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Durante o banho, deixe a água quente cair nos ombros, fazendo movimentos de rotação com a cabeça e ombros. Isso ajuda a diminuir a tensão do dia-a-dia;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Enquanto estiver falando, mantenha a postura do corpo sempre reta, no eixo, porém relaxada, principalmente a cabeça;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Utilize alguns horários do seu dia para descansar e relaxar, tentando poupar a sua voz;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Quando você estiver com uma rouquidão por mais de 15 dias, procure um otorrinolaringologista e/ou um profissional em fonoaudilogia.
Hábitos Prejudiciais 
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite gritar ou falar com muita intensidade: sempre que possível procure se aproximar da pessoa para conversar. Quando estiver escutando música ou assistindo TV, abaixe o volume, evite competição sonora;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Pigarrear – essa ação provoca um forte atrito nas pregas vocais, irritando-as;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Ingerir líquidos em temperaturas extremas, ou seja, muito gelado ou muito quente;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
O fumo é altamente nocivo, pois a fumaça quente agride o sistema respiratório e principalmente as pregas vocais, podendo causar desde irritação, pigarro, edema, infecção. É considerado um dos principais fatores desencadeantes do câncer de laringe.;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
O consumo de álcool em excesso também é prejudicial para as pregas vocais e tem efeito analgésico propiciando abusos vocais.;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Chupar balas ou pastilhas fortes quando estiver com a garganta irritada. Isso mascara o sintoma e a pessoa tende a forçar a voz sem perceber. Quando o efeito da bala passa, a irritação na garganta aumenta.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Ar condicionado – prejudica a mucosa das pregas vocais, pois o resfriamento é realizado através da redução da umidade do ar com conseqüente ressecamento do trato vocal, o que leva a pessoa a produzir a voz com maior esforço e tensão.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite a fala durante os exercícios físicos: qualquer exercício de esforço muscular junto com a fala irá provocar sobrecarga na musculatura da laringe;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite cantar de maneira inadequada ou abusiva em videokês ou fazer parte de corais sem preparo vocal.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite pastilhas refrescantes antes de cantar/falar. Estas geralmente têm efeito “anestésico” e você pode cometer abuso vocal sem se dar conta;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite falar em demasia em quadros gripais ou em crises alérgicas, pois o tecido que reveste a laringe está inchado e o atrito das pregas vocais durante a fala passa a ser de forte agressão.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite falar muito após o consumo de grandes quantidades de aspirinas, calmantes e diuréticos: a aspirina provoca o aumento da circulação sangüínea na periferia das pregas vocais, com a associação do atrito de uma prega contra a outra há um aumento da fragilidade capilar. Os diuréticos e calmantes ressecam as mucosas;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Ingerir líquidos em temperaturas extremas, ou seja, muito gelado ou muito quente; alimentos e bebidas geladas também causam choque térmico, provocando muco e edema nas pregas vocais;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite usar roupas apertadas na altura do pescoço e na cintura, pois irá dificultar a livre movimentação da laringe e também a movimentação do diafragma;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Evite alimentos pesados e muito condimentados, pois além de provocar azia, má digestão e refluxo de secreções gástricas, dificulta também a movimentação livre do músculo diafragma, essencial para a respiração;
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Ar condicionado – prejudica a mucosa das pregas vocais, pois o resfriamento é realizado através da redução da umidade do ar com conseqüente ressecamento do trato vocal, o que leva a pessoa a produzir a voz com maior esforço e tensão
Apresentamos uma listagem dos cuidados de saúde e higiene vocais a seguir por qualquer Profissional de Voz, no sentido de evitar disfonias (alterações vocais com origem orgânica e/ou funcional) ou de contribuir para o seu tratamento. Uma voz saudável significará sempre uma voz agradável, flexível e fácil de utilizar. Em caso de quaisquer sintomas ou dificuldades a nível vocal, deve ser procurado um Otorrinolaringologista e um orientador de Técnica Vocal. Permitido! - Manter uma postura correcta enquanto se trabalha com a voz: corpo erecto com correcto alinhamento do eixo cabeça-pescoço-costas, mas relaxado. - Aquecer e desaquecer a voz antes e depois dos esforços vocais, através dos exercícios aprendidos nas sessões de Técnica Vocal. - Manter o aparelho fonador hidratado, bebendo uma média de 2 litros de água por dia, de preferência à temperatura ambiente. - Praticar uma alimentação saudável, rica em alimentos leves e de fácil digestão (frutas, legumes, vegetais, peixe, frango). - Ingerir citrinos ou o sumo destas frutas, que auxiliam a absorção do excesso de secreções, e maçã, que tem propriedades adstringentes. - Dormir 8 horas por noite e repousar nos períodos de maior trabalho vocal. - Fazer repouso vocal após o uso intensivo da voz. - Relaxar e trabalhar o controlo emocional, através de Técnica Alexander, Yoga, Tai-Chi, etc. - Praticar exercício físico regularmente, como natação, ciclismo, aeróbica, etc. (respiração e alongamento dos músculos). - Sempre que possível, respirar pelo nariz, principalmente no exterior. - Aprender a ouvir a própria qualidade vocal, para reconhecer o esforço vocal e as tensões desnecessárias e conseguir assim evitá-las. - Em caso de sintomas ou dificuldades a nível vocal, consultar um Otorrinolaringologista ou um orientador de Técnica Vocal. A Evitar! - Evitar festas ruidosas e lugares barulhentos, antes e depois do esforço vocal, já que obrigam à competição sonora entre a voz e o ruído. - Evitar a permanência em ambientes refrigerados ou aquecidos por ar condicionado, já que este retira a humidade do ar. - Evitar ambientes compoeiras, mofo ou cheiros fortes e irritantes. - Evitar tossir ou pigarrear, já que favorecem o atrito nas cordas vocais; optar por engolir saliva ou beber água para afastar o incómodo. - Evitar alimentos pesados, muito condimentados ou gordurosos antes de deitar, para evitar o refluxo gastroesofágico. - Evitar também estes alimentos antes do esforço vocal.
Fonte: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/498441-cuidados-com-voz-saude-higiene/#ixzz25l9LRupa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

POR FAVOR, NOS AJUDE CLICANDO NAS PROPAGANDAS!